5 artistas que fazem com que eu me sinta bem

RSS
Compartir

14 Abr 2008, 6:02

O Rodrigo me convidou para este grupo com o mote de que eu conheço muitas músicas e artistas alternativos. Eu realmente achei que era assim mesmo, mas alguns anos de vida me mostraram que, na verdade, gosto de coisas bem normais.

Principalmente depois que eu conheci o Rodrigo e o Ricardo (e a Larissa, o Adriano e a Tati também), que gostam de coisas das quais eu nunca tinha ouvido falar antes.

Algumas coisas que eu gosto caem bastante no gosto popular, e podem até me comprometer (isso não inclui funk,ainda bem), hehe. Mas para mim, não importa se é famosinho, se é desconhecido, se é bonito ou feio. O que certas músicas fazem comigo não têm a ver com popularidade ou fama. A musicalidade, a melodia, a levada, a letra, a falta da letra, uma voz, várias vozes. Tudo isso pode mudar o meu humor completamente. Se eu tiver a oportunidade de cantar, fica melhor ainda, o efeito é bem mais forte. Saber o que as letras significam, e acompanhar o sentimento do intérprete. Deixar a sensação que deve estar levando-o levar você também. Dançar também ajuda a captar muitas coisas, mas isso eu prefiro fazer fechada no meu quarto, :D.

Nessa série de posts, vou falar de cinco artistas, bandas ou grupos que fazem eu me sentir bem.

O primeiro deles é o Seal. Cantor pop britânico com algumas raízes brasileiras e africanas. Recentemente esteve no Brasil, mas por motivo de força maior não pude gastar 100 reais para assistir seu show, o que foi realmente uma pena. Gosto dele há mais de 10 anos, e sua voz rouca, intensa e melodiosa é ótima de ser escutada. Seu último álbum e o System que, segundo ele, é o mais dance de sua carreira. Vale ouvir as músicas Immaculate, The Right Life e Wedding Day (na verdade, todo o disco está bom). Gosto bastante de suas baladas mais calmas, como A Fathers Way, do filme À procura da felicidade, Touch, Colour, This Could Be Heaven (do filme Um homem de família) e Walk on By. Ficou famoso pelas músicas Crazy e Kiss From A Rose, do filme Batman Eternamente.

Esse todo mundo me condena por gostar. Mas, querendo ou não, Justin Timberlake tem uma batida na música dele que não tem como imitar. Não me importa se ele parece um rato de laboratório, veio do fracassado N'sync ou o quê mais. Ele é muito bom no que produz, e as músicas dele carregam sensualidade (não só nas letras, mas na própria batida, no jeito de cantar). Para quem é preconceituoso, recomendo escutar Cry Me a River, What Goes Around Comes Around (essas duas falam sobre vingança, mais ou menos. A garota deixa ele, e ele pergunta se era o que ela queria), Let's Take a Ride, Take It From Here, Like I Love You e Señorita. Todas me trazem sensações boas, e tem uma batida perfeita. Pra quem gosta de se mexer, Sexy Back está nas paradas de sucesso agora. Ele também tem suas músicas calmas, pra tentar mostrar que tem voz, como Never Again e (Another Song) All Over Again. Eu o vejo como alguém que cava uma sucessão de Michael Jackson.

Fall Out Boy foi paixão à primeira música, Dance Dance. Todo mundo pode dizer que são emocore, mas eu não ligo. A voz do Patrick Stump, o vocalista, alcança notas ótimas, e percebe-se uma emoção nas músicas que ele canta que eu consigo pegar, e me sentir bem com elas. Fora a famosa Dance Dance, a banda também se lançou com Sugar, We're Going Down, que também traz uma bateria e uma guitarra ótimas. Além dessas duas, outras fazem eu me sentir muito bem: Yule Shoot Your Eye Out (uma versão emo de uma música de Natal, confiram a letra), Roxanne (regravação ótima da música do The Police), What's This (regravação de uma música do filme O estranho mundo de Jack, que eles adoram), Grand Theft Autumn, A Little Less Sixteen Candles, A Little More Touch Me, Nobody Puts Baby In The Corner, Of All The Gin Joints In All The World, The Take Over, The Breaks Over, I'm Like A Lawyer With The Way I'm Always Trying To Get You Off, Hum Hallelujah, Thnks fr th Mmrs, Don't You Know Who I Think I Am?, I've Got All This Ringing In My Ears And None On My Fingers. Para quem gosta da voz de Patrick Stump, recomendo conferir performances fora do Fall Out Boy, como So Sick (um cover da banda Ne-Yo), e suas participações em Timbaland, com One and Only e em Gym Class Heroes, com Clothes Off e Cupids Chokehold. Ver o show deles foi uma das melhores coisas que eu já fiz. Defeito: os nomes das suas mú´sicas são exageradamente enormes. Dica: Não tente entender as letras das músicas.

Pink é a única das cantoras pop que não tenta fazer gênero de boa moca, depois fica se mostrando seminua dizendo que é boa moça, mas que esconde muita coisa. Aliás, ela não está nem aí pra nada, e acho que fuck you cabe bem entre as frases preferidas dela. Mais uma cantora com voz rouca. Voz rouca me atrai muito em uma música. Além disso, ela é muito bonita, e também canta com empolgação. Algumas de suas letras são muito bonitas, e outras são engraçadas. Escute Trouble (e veja o clipe também, é engraçado), Just Like A Pill, a famosa Get This Party Started, Last to Know, Respect, Family Portrait, U & Ur Hand, Leave Me Alone, Who Knew? (O clipe é lindo, a letra também), You Make Me Sick e a calma Stop Falling. A melhor, na minha opinião é God Is a DJ (vale conferir a letra). a letra da música que ela canta com Steven Tyler, do Aerosmith, Misery, é muito bonita.

Para terminar, mais uma cantora. Gosto de Annie Lennox desde criança, por causa do álbum Medusa da minha mãe. Ela era cantora do Eurithmics, com seu marido. Dessa parceria, saíram coisas como Sweet Dreams e There Must Be An Angel (letra engraçadinha). Do álbum Medusa, seu mais famoso, Whiter Shade of Pale, No More I Love You's, Take Me to the River, Don't Let It Bring You Down, Train In Vain e Thin Line Between Love And Hate. Escute também a famosa Why. A voz dela é calma e melodiosa em algumas músicas, e forte e ressonante em outras. Ela é boa em trilhas sonoras. A letra e a música de Love Song for a Vampire, do filme Drácula de Bram Stoker é muito romântica, e Into the West, do filme Senhor dos anéis é linda. Mas a mais linda é Waiting In Vain, do filme Escrito nas estrelas e do álbum Medusa. Saiu um novo álbum, Songs Of Mass Destruction, que eu pretendo explorar em breve.

Por enquanto é isso. Assim que possível, colocarei mais 5 artistas.

Comentarios

Dejar un comentario. Entra en Last.fm o regístrate (es gratis).