Blog

RSS
  • Dani Filth quer brigar com vocal do Coldplay!

    19 Feb 2008, 1:01

    Dani Filth quer dar uma surra em Chris Martin!!

    O líder do COF disse que se fosse dar uma surra em alguém seria no Chris. "Aquela marica do Coldplay", disse Dani. "Tudo nele me dá nojo. Que m**** é aquilo que ele escreveu na mão? Isso é ridículo. Se você acredita mesmo em alguma coisa, não escreve isso na sua mão, você faz uma tatuagem na cara e sai mostrando para todo mundo".

    Dani se referia à palavra "freedom" (liberdade) que Chris Martin escreveu numa das mãos.




    English version:

    The leader of the COF said that if it were to give a beaten someone would be Chris. "That marica of Coldplay," said Dani. "All it gives me nojo. shit That is what he wrote in the hand? This is ridiculous. If you believe even in something, not write it on your hand, you make a tattoo on your face and leaves for showing whole world. "

    Dani referred to the word "freedom" (freedom) that Chris Martin wrote one of the hands.
  • REVIEW

    8 Feb 2008, 21:22

    The Heart Everything

    Este review foi enviado por http://whiplash.net/news_enviar.mv
    T.H.O.E

    Depois do grande sucesso de The silent force todos ficaram na expectativa para ouvir o próximo trabalho dos holandeses do WT.

    De primeira quem ouvir o álbum pensara: mas todas faixas são muito parecidas! De fato, há elementos em comum em algumas delas, mas não desanime! Ouça pela segunda vez e analise melhor as canções verá que não são tão parecidas ^^.

    The heart of Everything chegou com um novo lado musical para o WT. Os vocais angelicais de Sharon deram lugar para uma voz mais agressiva, fugindo do lírico clássico. Não que a banda tenha se tornado outra completamente diferente! Ela ainda mantém as raízes em muitas partes do cd, porém com novos arranjos. Que chegaram na hora certa!

    Neste novo cd o tema abordado ‘o coração de todas as coisas’ é mais acessível para aqueles que estão ouvindo a banda pela primeira vez e para os fãs mais antigos a banda ainda mantém ótimas composições.

    A arte da capa de The heart of everything se diferenciou das outras, pois trouxe junto a figura de Sharon símbolos que refletem a nós o poder da escolha, a escolha que está em cada um de nós, em nossos corações. Paft! Acertaram em cheio!

    Neste álbum os holandeses trocaram (pelo menos em parte) as orquestrações e os vocais angelicais e ‘fofinhos’ de Sharon pelas guitarras, que antes eram engolidas por estes. Não que a banda tenha altos solos e riffes intermináveis de guitarra neste cd, mas elas estão bem mais notáveis.

    Os arranjos se diversificaram bastante também, como já disse antes, as mudanças começaram na voz de Sharon e tiveram como acréscimo corais e passagens guturais. Além da [para muitos fãs] abominável participação de Keith Caputo na segunda [e mais pop] faixa What have you done.

    Como destaque para o álbum cito Our solemn Hour que contou com instrumental pesado e rápido, além do ótimo vocal acompanhado por um coral que trouxe todo um feeling para a faixa. Cito também Frozen, uma linda balada que foi sem dúvida um ótimo single para a banda.

    Para quem quer se lembrar da banda de 'antigamente' fica The truth beneath the rose, que conta com uma voz mais lírica de Sharon, além de corais altos.Ótima faixa par matar saudade do The silent force.

    Enfim, The heart of Everything é um ótimo álbum para os fãs dos holandeses que têm a mente aberta para novos ‘horizontes’ e sem dúvida uma boa pedida para quem quer conhecer a banda!

    No geral a banda continuou ótima só perdendo pontos no encarte do cd [que não traz nada mais do que fotos da banda e a letras das canções, meio vago.] e nas baladinhas ‘enjoativas’.

    Track list:
    01- The howling
    02- What Have you done
    03- Frozen
    04- Our Solemn hour
    05- The heart of Everything
    06- Hand of sorrow
    07- The cross
    08- Final destination
    09- All I need
    10- The truth beneath the rose
    11- Forgiven
    12- Sounds of freedom [bonus]